Olá visitante, faça já seu  login     Cadastre-se  
   A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X Y W Z 0-9 Buscar:
Ajude-nos a melhorar o canal de música, envie já suas opiniões e sugestões !
Zé Ramalho
fã(s)
comentário(s)
Tornar favorito
Você esta em: Home » Música » Zé Ramalho » Guerra De Falcão
Zé Ramalho
Nascido em 3 de outubro de 1949, José Ramalho Neto é natural de Brejo da Cruz (PB). Quando tinha 2 anos, ficou órfão de pai, o seresteiro Antônio de Pádua Pordeus Ramalho, que morreu afogado num açude do sertão. Com isso, sua mãe, a professora primária Estelita Torres Ramalho, entregou-o para ser criado pelos avós, José e Soledade Alves Ramalho, que tinham melhor condição financeira. Por isso Zé pôde estudar nos melhores colégios d...leia mais
Imprimir Letra favorita Enviar Álbuns Fotos Comentar Enviar para o twitter
Faça já seu login e adicione esta letra como favorita
Guerra De Falcão
Composição: Wilson Aragão

A dor do cocho é não ter ração pro gado
A dor do gado é não achar capim no pasto
A dor do pasto é não ver chuva a tanto tempo
A dor do tempo é correr junto da morte
A dor da morte é não acabar com os nordestinos
A dor dos nordestinos é ter as penas exageradas

E a viola por desculpa pra quem lhe pisou no lombo
E lhe lascou no cucurute vinte quilos de lajedo.
Em vez de achatar pra caixa-prego o vagabundo,
Que se deitou no trono e acordou num pau-de-sebo.
Eh eh eh boi, eh boiada, eh eh boi

A dor do jegue, tadin, nasceu sem chifre
A dor do chifre é não nascer em certa gente
A dor de gente é confiar demais nos outros
A dor dos outros é que nem todo mundo é besta
A dor da besta é não parir pra ter seu filho


A dor pior de um filho é chorar e mãe não ver.
Tá chegando o fim das épocas, vai pegar fogo no mundo,
e o pior, que os vagabundos toca música estrangeira
em vez de aproveitar o que é da gente do Nordeste.
Vou chamar de mentiroso quem dizer que é cabra da peste.


A dor do sol é que ele não conhece a noite
A dor da noite é que não tem mais seresteiro
A dor do seresteiro é o medo da polícia
A dor da polícia é ter ladrão no mundo inteiro
A dor do mundo inteiro é que tá chegando gringo
A dor pior de um gringo é outro gringo do outro lado

Não sei se tô errado mas arrisco meu palpite
De acabar com as bombas "atromba", encoivarar os rifles,
Tocar fogo em toda tenda que é de fabricar canhão.
Morre muito menas gente se a guerra for de facão
Vídeo da música: Zé Ramalho - Guerra De Falcão
Duetos
Ano de lançamento: 2004
Gênero: MPB
Gravadora: Sony & BMG
Mais músicas do álbum:
A Dança Das Borboletas
Amar Quem Eu Já Amei
Galope Rasante
Garrote Ferido
Ave De Prata
Garoto De Aluguel (Taxi Boy)
Coração Bobo (Ao Vivo)
Fica Mal Com Deus
Não Vendo, Nem Troco
Guerra De Falcão
Paraíba
Os Segredos Do Sumé
Águas De Março
Coco Do Trocadilho
« Veja todas as letras


Comentários:
Claudio Costa Claudio Costa - 07/07/2008 21:31:01
Guerra de falção
Sou amigo de Wilson Aragão e gostaria de dizer que ele tem amis composição que a sua cara Zé. Ex. Tercendo ao amanhecer . Aguardo Respostas sua.

Deixe já seu comentário
BastaClicar 2000 - 2009 - Todos os direitos reservados - Fale conosco - Anuncie aqui